Accueil > Résultats de la recherche > Suite de la publication

Como Pompéia, representação dos edificios religiosos catolicos em Humus de Raul Brandão, Esteiros de Soeiro Pereira Gomes e Pequenos burgueses de Carlos de Oliveira

Em Portugal a influência da Igreja católica abrandou com a emergência duma consciência republicana láica. O clero católico perdeu o seu poder executivo com a laicização imposta pela lei de separação de 20 de Abril de 1911. O aumento dos sentimentos nacionalistas favoreceu a rejeição do conformismo politico-religioso pela corrente literária modernista bem como pelo neo-realismo marcado por insofismável anticlericalismo. Neste trabalho, procurar-se-á, mostrar os principais traços anticlericais da caracterização dos edifícios religiosos pela ficção portuguesa do início do século XX. Analisaremos, desta forma, o modo de descrição dos espaços religiosos e a intencionalidade ideológica que lhe é aferente.


Auteur(s) : Paul Ngor Mack Ndour
Pages : pp.241-255
Année de publication : 2019
Revue : Les cahiers du CREILAC Revue interdisciplinaire des Lettres, Arts et Sciences Humaines
N° de volume : 3
Type : Article
Statut Editorial : CREILAC-Presses Panafricaines
Mise en ligne par : NDOUR Paul Ngor Mack